Impactos econômicos da indústria de eventos

Os dados que são apresentados neste estudo reforçam a relevância do setor de eventos como gerador de renda, emprego e impostos. No ano de 2013, foram realizados 590.913 eventos nos 9.445 espaços disponíveis no País, reunindo 202.171.787 pessoas e gerando uma receita estimada de R$ 209,2 bilhões. Em termos de emprego também foram levantados números bastante expressivos: mais de 7,5 milhões de empregos gerados, entre diretos, terceirizados e indiretos. Além disso, a indústria de eventos é responsável pela geração de mais de R$ 48 bilhões em impostos.

Em relação à distribuição geográfica dos eventos, a pesquisa revelou que o Sudeste continua respondendo pela maior parte do mercado, com 305.720 eventos (52%), seguido pelo Nordeste, com 116.362 (20%), Sul, com 88.420 (15%), Centro-Oeste, com 54.698 (9%), e Norte, com 25.721 (4%). Comparando com os resultados do estudo de 2001, observa-se que a região Sudeste manteve a sua participação de 52% e que a região Sul, que ocupava a segunda colocação, com 19%, perdeu essa posição para a região Nordeste, que, em 2001, ocupava a 3a posição, com 18% dos eventos realizados naquele ano.

Os números apresentados pela ABEOC (www.abeoc.com.br) ficam ainda mais impressionantes quando entramos em detalhes. Cerca de 106 milhões de pessoas frequentaram os eventos que ocorreram em 2013 apenas na região Sudeste. Ao todo, no Brasil foi mobilizado mais de 209 bilhões de reais, ultrapassando a marca de 590 mil eventos!

E você também pode colaborar para esses números aumentarem ainda mais no ano atual. Organize seu evento e conte com o INGRESSEIRO para realizar as vendas dos seus ingressos e produtos relacionados ao evento. Aqui você pode vender camisetas, canecas, broches, brindes, pacotes de turismo e tudo o que você achar que agrega valor para seu público. Tudo isso de um jeitinho rápido e fácil! Gostou? Acesse nosso site e anuncie agora mesmo: www.ingresseiro.com.br